fbpx

Três recordes diferentes de energia solar foram registrados no país em apenas um dia


A fonte solar representa atualmente 2,15% da matriz elétrica; e a previsão é que atinja 2,6% até o final de 2021

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que três recordes diferentes foram registrados no dia 28 de setembro durante a produção de energia solar fotovoltaica no país.

O primeiro foi o pico de geração instantânea de 3.626 MW às 10h52 no Sistema Interligado Nacional (SIN), significando 4,7% de toda a demanda elétrica no Brasil. O recorde anterior havia sido de 3.574 MW, no dia 19 de setembro, às 11h16.

O segundo foi no Nordeste, ainda pela manhã, às 10h52, quando a geração solar instantânea chegou a 2.624 MW, o que foi o suficiente para atender a 21,4% da demanda da região.

No Sudeste e Centro-Oeste, foi registrada outra marca superada pela primeira vez às 12h08: a geração de 1.056 MW, que representa 2,4% da demanda do subsistema.

A fonte solar representa hoje 2,15% da matriz elétrica, e a projeção é que até o final do ano chegue a 2,6%.

Fonte: Portal Solar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *