fbpx

Pensando em instalar um sistema de energia solar em casa? Confira 3 dicas fundamentais!

A nova crise hídrica e os pesados aumentos na conta de luz fizeram com que a busca por geradores solares aumentasse mais do que nunca no Brasil.

De acordo com os dados da Aneel, a Agência Nacional de Energia Elétrica, somente neste ano mais de 146 mil sistemas já foram conectados à rede, quase o total instalado no país em 2020.

Para quem instala, a principal vantagem é sempre a economia na conta de luz, que pode chegar a 95%.

Mas, para isso, é preciso muita atenção na hora de montar o painel solar, equipamento responsável por gerar a energia no sistema.

Confira abaixo 3 dicas para quem vai instalar placas de energia solar:

Espaço disponível e sombreamentos

A primeira coisa na hora de adquirir um kit de energia solar é se atentar ao espaço disponível para a instalação dos equipamentos.

Especialmente no caso do painel solar, que é fixado no telhado e ocupa área considerável devido ao tamanho das suas placas (o nome técnico correto é módulos fotovoltaicos).

Para uma residência de pequeno porte, são necessários no mínimo oito módulos para se atender a todo o consumo elétrico.

Com base em um módulo atual de tecnologia Half-cell, com 2,2 m² de área, uma instalação dessas exige pelo menos 17,6 m² de telhado.

Quanto maior o consumo elétrico, mais placas serão necessárias e maior será a área ocupada pelo painel solar.

Além disso, é preciso analisar os possíveis sombreamentos sobre o telhado, causados por árvores, postes, prédios etc. e que afetam a geração dos módulos.

Quando possível, o painel também pode ser instalado diretamente sobre o solo com estruturas de suporte, como é feito geralmente em projetos rurais e outros de grande porte.

Aumento do consumo e expansão do sistema

Um módulo fotovoltaico tem uma vida útil de geração de pelo menos 25 anos.

Portanto, antes de fechar seu painel solar, é preciso que você tente prever possíveis aumentos no seu consumo de energia durante esse período.

Como no caso de casais que planejam ter filhos ou até mesmo quem vai instalar aparelhos de ar-condicionado, grandes sugadores de energia.

Mas saiba que é possível deixar o sistema já pronto para uma expansão futura, com espaço de sobra no trilho e instalando um inversor de maior capacidade.

Empresa especializada

A última dica é para quem não quer dor de cabeça.

Para ter seu sistema instalado e entregue já produzindo energia, procure uma empresa especializada na venda e instalação de energia solar.

Fonte: The Greenest Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *