fbpx

NASA lança projeto de naves que utilizam energia solar

  • Nasa: projeto planeja utilizar a luz do sol como propulsora da aeronave;
  • A ideia é conseguir alcançar locais mais difíceis de acessar;
  • A missão recebeu um orçamento de US$ 2 milhões.

Combustível para as naves é uma das preocupações da NASA. Mas, para uma expedição ao redor do sol, por que não aproveitar os raios da própria estrela para gerar energia?

Essa é a ideia adotada pela companhia espacial para missões em lugares de difícil acesso. O projeto, apelidado de Diffractive Solar Sailing, venceu a Fase III do programa Innovative Advanced Concepts (NIAC), promovido pela organização com o objetivo de apoiar tecnologias revolucionárias.

A NASA planeja enviar naves com esse recurso para explorar os polos solares. A missão recebeu um orçamento de US$ 2 milhões.

“Com a experiência combinada de nossa equipe em óptica, aeroespacial, navegação solar tradicional e metamateriais, esperamos permitir que os cientistas vejam o Sol como nunca antes”, disse Amber Dubill, líder do projeto.

Da mesma forma que os barcos utilizam o vento para cruzar o oceano, as “velas solares” são guiadas pela pressão da luz do sol, o que impulsiona o veículo através do espaço. Os recursos aproveitam pequenas grades para aproveitar a difração, o que faz com que a luz se espalhe quando passa por uma abertura.

O sistema já chegou a ser testado em alguns países. Em 2010, a sonda japonesa Ikaros foi para o espaço com essa premissa. Um tempo depois, a agência espacial norte-americana utilizou uma vela solar enquanto orbitava a Terra.

As órbitas que passam pelos polos norte e sul do sol são difíceis de alcançar usando a propulsão convencional de naves espaciais. Velas de luz difrativas leves, impulsionadas pela pressão constante da luz solar, poderiam colocar uma constelação de sondas espaciais científicas em órbita ao redor das pontas da estrela.

Fonte: Yahoo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.