fbpx

Energia Sustentável: Tudo o que você precisa saber

O que é energia sustentável?

Antes de compreender tudo sobre energia sustentável, é essencial apresentar o significado do conceito. Energia sustentável é toda energia elétrica originada a partir de fontes renováveis que não geram impactos ao meio ambiente, como a energia solar fotovoltaica e a eólica.

As principais fontes de energia sustentável

Veja exemplos de energias sustentáveis:

  • Energia hidroelétrica
  • Energia solar
  • Energia eólica
  • Energia das ondas
  • Energia geotérmica
  • Bioenergia
  • Energia das marés
  • e também as tecnologias destinadas a melhorar a eficiência energética.

Os prós e contras da energia sustentável

Solar Fotovoltaica

Contra: Investimento inicial alto, similar ao valor de um carro usado;
Pró: Energia limpa, renovável e abundante a partir do sol
Pró: Alta durabilidade, dura mais de 25 anos;
Pró: Valoriza a sua casa ou marca de sua empresa;
Pró: Permite que você se torne independente energeticamente

Energia Eólica:

Contra: Locais de geração normalmente longes do ponto de consumo. Ex: Parque eólicos afastados de cidades.
Pró: Impacto ambiental mínimo, mas em áreas com aerogeradores alguns acidentes podem acontecer com pássaros.
Pró: Geração de empregos
Pró: Energia Limpa e renovável, proveniente da força dos ventos.
Pró: Preço da energia altamente competitivo

Energia Hidroelétrica:

Contra: Sazonal – quando chove pouco acaba a energia
Pró: Abundante no Brasil e não emite gases do efeito estufa
Pró: O reservatório de água de uma hidrelétrica serve como uma bateria. Armazena água para gerar energia quando é necessário.

Qual é a melhor forma de se utilizar as energias sustentáveis?

A melhor forma de se utilizar energias sustentáveis é combinando umas com as outras, diversificando a matriz energética. Se investirmos mais em energia solar e eólica podemos aproveitar períodos de secas, que interferem na geração de energia hídrica, para gerar a nossa energia com o sol ou o vento e economizar água. Desta forma seria possível equilibrar a balança energética brasileira minimizando ou extinguindo problemas de secas nos reservatórios ou grandes apagões.

Desenvolvimento Sustentável e Energias Renováveis

desenvolvimento sustentável é caracterizado por ações que não comprometem as gerações futuras, como um sistema de desenvolvimento global, que se preocupa com a quantidade de extração de matéria-prima, impactos ambientais, entre outros. Sendo assim, o exercício da sustentabilidade defende que as necessidades de satisfazer suas vontades atualmente não podem prejudicar seus filhos, netos e bisnetos, por exemplo.

Enquanto isso, as energias renováveis, basicamente, possuem origem a partir de recursos naturais que são constantemente reabastecidos, como o sol, vento, água, marés e ondas. No entanto, um tipo de energia renovável não é, necessariamente, uma energia sustentável, visto que ela precisa ser inesgotável. Portanto, a sustentabilidade trata-se apenas de uma forma de manter o desenvolvimento energético atual, podendo esgotar a qualquer momento.

Desta forma, o desenvolvimento sustentável só é estabelecido a partir da harmonia entre três eixos essenciais: ambiental, social e econômico. Para sua evolução, tanto as energias renováveis quanto as sustentáveis são responsáveis por medir o uso de recursos naturais, bem como preservar o meio ambiente, a fim de alcançar um nível de desenvolvimento ambiental, social e econômico favorável.

Energia e Sustentabilidade: Entenda a importância

Quando pensamos em energia e sustentabilidade, devemos considerar a importância da união desses dois fatores nos dias atuais. Desta forma, a utilização de fontes de energia renováveis é fundamental para que as gerações futuras não sejam afetadas, uma vez que os recursos não se esgotam e estão disponíveis gratuitamente.

A sustentabilidade possui um papel muito importante não só como fator principal na geração de energia limpa como também em questões sociais, econômicas e ambientais. Sendo assim, além de contribuírem para a diminuição dos impactos ao meio ambiente, as fontes renováveis auxiliam na economia das contas de luz em até 95%, o que permite que localidades de baixa renda tenham acesso à energia elétrica.

Além disso, tanto o espaço urbano quanto rural têm crescido amplamente, o que implica na maior utilização de energia convencional, auxiliando cada vez mais em questões como a emissão de gases poluentes, desmatamento e aquecimento global. Portanto, o aproveitamento de recursos renováveis é essencial para a manutenção do nosso planeta de modo sustentável, garantindo um futuro com segurança energética para nossos familiares.

Neste sentido, utilizar tipos de energia limpa, como a solar, significa pensar adiante e contribuir para que, a longo prazo, os índices de poluição e espalhamento dos gases de efeito estufa diminuam e não afetem a nossa atmosfera. Isso fará com que as paisagens naturais não sejam alteradas, além de manter a constância de fatores climáticos, que são muito importantes para a geração de energia fotovoltaica, por exemplo.

Exemplos de sustentabilidade no dia a dia

A energia sustentável no mundo

Você sabia que:

  1. Em 2012 a Organização das Nações Unidas – ONU elegeu 2012 como o Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos, no mesmo ano que aconteceu a Rio+20.
  2. De acordo com um estudo americano do ‘Brookings Institute’, a energia sustentável cria até 3 vezes mais empregos do que os combustíveis fósseis.
  3. De acordo com o mesmo estudo, o salário das pessoas que trabalham com energia sustentável é, em média, 13% maior em relação a média nacional.
  4. O setor de energia sustentável no Brasil está crescendo, em média, 20% ao ano. O de energia solar deve crescer por volta de 300% em 2016 e continuar um crescimento acelerado nas próximas décadas.

Energia Sustentável Para Todos

O Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos foi criado em 2012 pela Assembleia Geral da ONU, buscando evidenciar a importância do desenvolvimento energético, com tecnologias mais modernas, acesso à eficiência energética e sustentabilidade, e uso de fontes renováveis para a geração de energia.

A importância do Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos deve ser levada em conta tendo em vista que mais de 3 bilhões de pessoas em países subdesenvolvidos dependem de recursos como biomassa e carvão para cozinhar e aquecer, além de 1,5 bilhão de pessoas não terem acesso à eletricidade.

Dito isso, o projeto visa mobilizar a população global para atingir três principais objetivos até o ano de 2030:

  1. Garantir acesso universal a serviços energéticos modernos;
  2. Duplicar a taxa de melhoria da eficiência energética; 
  3. Dobrar a participação de energias renováveis na matriz energética global.

Além disso, a expectativa é que a proposta alcance metas como o impulsionamento da proteção ambiental, a inclusão social e a prosperidade econômica em nível global, o que certamente irá auxiliar no desenvolvimento de diversos países, alterando o cenário atual da crise. Porém, existem alguns obstáculos a serem superados, como a garantia de incentivos governamentais de cada país, necessitando de um consenso positivo.

A energia sustentável no Brasil

Não é preciso pensar muito sobre a utilização da energia sustentável no Brasil para conhecer seus diversos benefícios, como a preservação do meio ambiente, economia nas tarifas de luz e facilidade de recursos naturais no país, por exemplo. Por isso, seu aproveitamento vem sendo cada vez mais favorável, tanto para uso individual quanto conjunto em estabelecimentos comerciais e indústrias.

O Brasil, portanto, fica atrás apenas de grandes países como China e EUA no ranking de produção de energia renovável, com fontes alternativas como energia hidráulica, eólica, solar e biomassa. Desta forma, é válido destacar que o mercado de energia solar está desenvolvendo-se cada vez mais, necessitando somente de incentivos governamentais para a diminuição dos custos de aquisição e instalação, a fim de aumentar o número de usuários no país.

Como ocorre a produção de energia sustentável

A produção de energia sustentável inicia a partir da utilização das fontes de energia renováveis, como energia solar, eólica, biomassa, hidráulica e entre outras. Sendo assim, o desenvolvimento dessas energias contribui para questões ecológicas e econômicas, trazendo diversos benefícios ao nosso planeta, além de uma solução para os momentos de crise.

No entanto, a matriz energética brasileira ainda é predominantemente composta por combustíveis fósseis e minerais, o que resulta na emissão de gases poluentes, desmatamento e aumento do aquecimento global. Isto posto, para evitar que mais impactos ambientais perpetuem, a expectativa é de que até 2035 a produção de energia sustentável seja a mais indicada em todos os países.

A energia renovável, portanto, pode ser gerada de diferentes formas, como a Solar, que recebe a luz do sol através dos painéis solares fotovoltaicos e realiza a conversão em energia elétrica por meio do inversor solar, ou a Eólica, que os aerogeradores captam a força dos ventos a fim de gerar energia.

Além disso, a produção de energia por meio hídrico é feita pelas centrais hidroelétricas associadas a barragens de grande ou média capacidade, onde a energia é produzida, e a Biomassa é gerada a partir da queima de materiais orgânicos, como o bagaço da cana-de-açúcar, madeira e óleos vegetais.

Porque a Energia Solar é Sustentável e Como ela pode ajudar nas cidades:

A energia solar pode ser considerada sustentável pelos seguintes fatores:

  • Pouca ou nenhuma emissão de gases tóxicos;
  • É uma fonte de energia enorme e renovável;
  • É independente, autoprodutiva;
  • E é uma rede de energia confiável e segura

Não só a energia solar pode ser considerada sustentável, mas as demais como eólica, solar, hidrelétrica e biomassa oferecem benefícios substanciais para nosso clima, nossa saúde e nossa economia, abaixo falaremos mais sobre esses pontos:

a) Pouca ou nenhuma emissão de gases tóxicos e de aquecimento global

– As fontes de energia sustentável praticamente não emitem gases ou geram resíduos que fazem mal para a nossa saúde. Imagine uma cidade toda com carros elétricos? Como seria a qualidade do ar?!

b) Uma fonte de energia enorme e renovável

– Você sabia que somente o potencial de energia solar no Brasil, se fosse todo aproveitado, seria suficiente para gerar mais de 10 vezes a energia que todos nós consumimos! Sabendo que esta fonte de energia sustentável é renovada anualmente, teríamos energia para sempre sem nos preocuparmos nunca mais.

c) Autoprodução: a independência Energética

– Se você possui um gerador de energia solar em sua empresa ou casa, não precisa mais se preocupar com o preço da sua conta de luz. Você é um autoprodutor e conquistou a sua independência energética.

d) Uma rede de energia mais confiável e segura

– Fontes como a Solar ou Eólica são menos propensas a falhas em grande escala, porque elas são distribuídas e modulares. Os sistemas estão espalhados por uma grande área geográfica (como no telhado das casas ou empresas), de modo que um evento de tempo severo, como uma tempestade em um local específico, não vai cortar a energia para toda uma região.

Fonte: Portal Solar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *