fbpx

Energia solar fotovoltaica ou térmica? Entenda as principais diferenças entre as duas modalidades

Esses modelos de energia estão entre as principais escolhas para quem deseja fazer parte de uma economia verde e economizar na conta de luz

A posição geográfica do Brasil, com a proximidade da linha do Equador, garante ao país grande incidência de raios solares durante todas as estações do ano, em todo o território nacional. Com esse potencial para gerar eletricidade a partir do Sol, a energia solar é uma alternativa inteligente, sustentável e econômica.

Em agosto do ano passado, o governo brasileiro zerou os impostos de importação de diversos equipamentos de energia solar até o final de 2021, tornando as instalações ainda mais acessíveis. As tarifas de importação para módulos solares eram de 12%, enquanto as de inversores eram de 14%.

O custo de instalação de um sistema fotovoltaico residencial fica, em média, entre R$ 15 mil a R$ 30 mil, com um retorno do investimento para o consumidor em um período de quatro anos a seis anos, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). As taxas de financiamento variam de acordo com o banco ou instituição financeira escolhida, assim como o prazo de financiamento, que pode ser de 24 meses e chegar até 72 meses.

Uma alternativa inteligente

A energia solar fotovoltaica térmica estão entre as principais escolhas para quem deseja fazer parte de uma economia verde e economizar na conta de luz. A diferença fundamental entre elas é que a primeira produz toda a eletricidade necessária para uma casa ou estabelecimento, enquanto a segunda é usada apenas para aquecimento. Entretanto, ambas oferecem facilidade de instalação e custos mais acessíveis para investimento.

Por ser bastante comum existirem dúvidas sobre desses dois tipos de energia, elencamos as principais diferenças entre elas. Confira:

Energia fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é produzida pela conversão direta de raios solares em eletricidade. Os painéis fotovoltaicos, geralmente instalados em telhados ou mesmo no solo, são compostos por um material semicondutor de energia, normalmente o silício.

O sistema fotovoltaico não exige um ambiente com alta radiação para funcionar. No entanto, a quantidade de energia produzida depende da quantidade de nuvens no céu, ou seja, quanto menos nuvens houver, maior será a produção de eletricidade.

As placas fotovoltaicas podem ser utilizadas para geração de energia elétrica em casas, empresas, comércios, indústrias e até mesmo no agronegócio. A energia produzida pelos painéis fotovoltaicos pode ser utilizada para fazer funcionar qualquer equipamento, como televisão, geladeira, freezer, máquina de lavar roupa, lâmpadas, ar-condicionado e maquinários, entre outros.

O sistema de energia solar fotovoltaica possui uma vida útil de no mínimo 25 anos e proporciona uma economia de até 95% na conta de luz do consumidor.

On-grid x Off-grid

Nos sistemas fotovoltaicos, há duas modalidades: on-grid (sistema conectado à rede) e off-grid (sistema isolado). No primeiro caso, o consumidor produz a própria energia e gera crédito na concessionária local. Se faltar energia solar, ou a produção estiver baixa, a rede de distribuição entra automaticamente para suprir essa demanda.

Em momentos em que a produção for maior do que a capacidade de utilização, o excedente será repassado para a rede pública, gerando créditos de até 60 meses de validade para os usuários.

No sistema off-grid são usadas baterias próprias, que são responsáveis por armazenar a energia excedente produzida, alimentando o sistema nos momentos em que a produção estiver baixa.

Energia Térmica

A energia solar térmica oferece o aquecimento para o seu imóvel, mas não produz eletricidade. Ela é uma das formas mais sustentáveis de aquecer a água, seja para o banho, piscinas ou para processos industriais.

O funcionamento da energia térmica se dá por meio de coletores ou tubos a vácuo, que contêm fluidos (como água ou óleo), que captam os raios solares e transformam a radiação em calor, aquecendo a água a ser utilizada. O sistema pode ser muito útil para as empresas que precisam utilizar água quente em algum processo industrial, já que ela realiza esse trabalho causando menos poluição e trazendo mais economia.

Os aquecedores solares térmicos possuem também ou uma resistência elétrica ou um aquecedor a gás para auxiliar a atingir a temperatura ideal da água. E são capazes de reduzir em até 80% o consumo de energia relativo ao aquecimento da água.

Projetos de energia solar

Com linhas de financiamento acessíveis e preços mais atrativos, a energia solar está se tornando cada vez mais democrática, atendendo tanto grandes empresas quanto pequenas residências. Para calcular o seu projeto, tirar dúvidas sobre eficiência dos equipamentos e para a instalação do sistema é necessário contar com o auxílio de uma empresa especializada no assunto.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.