fbpx

É possível carregar o celular utilizando a energia solar? Descubra essa e outras curiosidades

Esse modelo de energia limpa tem conquistado cada vez mais espaço em residências, comércios e indústrias, mas será que é possível utilizá-la de outras formas?  Descubra!

A energia solar tem a capacidade de produzir eletricidade para suprir todas as necessidades de uma casa, fábrica, empresa e até mesmo do agronegócio. Por meio do sistema fotovoltaico, é possível gerar energia limpa para o funcionamento de eletrodomésticos, para o aquecimento de água, iluminação pública e para o campo.

Além de garantir todo o fornecimento de energia necessário, esse modelo energético pode ir além e ser aproveitado de maneiras que ainda parecem inusitadas para muitas pessoas, mas que já são realidade em algumas cidades do Brasil e do mundo.

Com a busca por esse modelo de energia expandindo a cada dia, que tal saber mais sobre energia solar? 

  1. A energia solar pode ser usada para carregar a bateria do celular?

VERDADEIRO – A bateria solar para o telefone móvel já é uma realidade, e mais: uma realidade acessível. Os modelos podem variar em tamanho, potência e design, mas, na prática, o gerador funciona como qualquer outro carregador portátil e o resultado é o mesmo. Geralmente, o carregador possui pequenos painéis fotovoltaicos instalados em sua estrutura, que captam a energia solar e armazena em baterias, que é repassada para a bateria do celular. O modo de usar é bem parecido com o de uma bateria portátil, com a vantagem do aparelho poder ser carregado na rua, até mesmo em movimento, usando a energia do Sol. O carregador solar também é conectado ao aparelho por um cabo USB.

2. A energia solar não cabe no bolso do consumidor comum

FALSO – No Brasil, mais de 73% das instalações de energia solar estão nas residências. Esse modelo energético tem a capacidade de produzir toda a energia elétrica de uma casa e gerar eletricidade suficiente para o funcionamento de todos os eletrodomésticos: televisores, geladeiras, máquinas de lavar e até do ar-condicionado, entre outros. A geração de energia por meio de um sistema fotovoltaico também pode contribuir para a redução de até 95% da conta de luz. Com taxas mais baratas e financiamentos mais acessíveis em bancos e instituições financeiras, a energia solar já é uma realidade na casa do brasileiro comum.

3. A energia solar pode ser utilizada para carregar carros elétricos

VERDADEIROOs carros do futuro já chegaram! Veículos elétricos movidos a energia solar já são uma realidade em diversas cidades e países do mundo. Apostando na tecnologia fotovoltaica, é possível carregar as baterias desses automóveis enquanto se está dirigindo ou mesmo em casa, tudo com energia gerada pelo Sol. Além de reduzir custos com combustíveis, substituídos pela utilização da energia solar, os carros elétricos também podem ajudar a reduzir a poluição sonora, a poluição do ar, pois não emitem gases poluentes, e contribuir para uma maior qualidade de vida nas grandes cidades.

Curiosidade: Em 2020, a Noruega se tornou o primeiro país do mundo a ter mais de 50% dos novos emplacamentos em um ano representados por carros elétricos. O país é pioneiro na mobilidade elétrica graças a políticas fiscais de incentivo. E embora seja um dos maiores produtores de combustível da Europa, o país se empenha para eliminar motores a gasolina e a diesel no país, e quer ter toda a frota com ‘zero emissões’ até 2025.

4.  A manutenção do sistema de energia solar fotovoltaico é cara

FALSO – Os painéis fotovoltaicos têm custo de manutenção baixíssimo, praticamente zero. É preciso apenas fazer limpezas periódicas e isso pode ser feito pelo proprietário, sem a necessidade de chamar um técnico, se o local for seguro e tomando os devidos cuidados. Quando a sujeira é leve, causada pela poeira ou folhas de árvores, a limpeza pode ser feita utilizando apenas água e esponja. Na maioria das vezes, a própria água da chuva se encarrega do trabalho. Já quando a sujeira é daquelas mais insistentes, como dejetos de pássaros e poluição, por exemplo, o indicado é utilizar água com detergente neutro, uma esponja ou pano para remover essa sujeira. Para especialistas, a limpeza deve ser feita apenas uma vez ao ano. Entretanto, em lugares com pouca chuva e muita poeira, ela deve ser feita de seis em seis meses.

5. Painéis solares produzem energia em dias nublados e chuvosos

VERDADEIRO – A energia solar fotovoltaica utiliza a luz do Sol para produzir eletricidade e não o calor. Dessa forma, mesmo em dias nublados, chuvosos e no inverno, a produção de energia continua. E mesmo com baixa produção de energia, o local pode ser abastecido pela rede de distribuição da concessionária, uma vez que os sistemas fotovoltaicos são conectados à essa rede.

6. Energia solar só pode ser armazenada em baterias

FALSO -O sistema fotovoltaico de energia solar possui dois sistemas: on-grid (conectado à rede) e off-grid (sistema isolado – baterias). No primeiro, o consumidor produz a própria energia e gera crédito na concessionária local. Se faltar energia solar, ou a produção estiver baixa, a rede de distribuição entra automaticamente para suprir essa demanda. Em momentos em que a produção for maior do que a capacidade de utilização, o excedente será repassado para a rede pública, gerando créditos de até 60 meses de validade para os usuários. Há ainda a possibilidade de o consumidor utilizar esses créditos em outra unidade de mesma titularidade.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.