fbpx

Casa com energia solar: como projetar com 6 dicas

Quer saber como projetar uma casa com energia solar? Se você está pensando em construir uma residência, esse é o melhor momento para preparar a sua casa para produzir energia fotovoltaica.

Não são necessárias grandes obras de engenharia para que isso seja possível, mas é importante estar atento para alguns detalhes.

Afinal, é importante aproveitar para fazer os ajustes necessários para não ter nenhuma dor de cabeça depois.

Confira abaixo 6 dicas que irão facilitar a instalação do sistema de energia fotovoltaica.

6 dicas para projetar uma casa com energia solar

O momento da construção de um imóvel é o ideal para projetar um sistema de energia solar fotovoltaica, pois você poderá deixar tudo pronto para a instalação.

Em primeiro lugar, você deve decidir se irá utilizar a energia solar em toda a casa ou somente para aquecimento da água ou da piscina, por exemplo. Isso irá determinar a demanda e, por consequência, o tamanho do sistema fotovoltaico necessário.

Os aparelhos capazes de captar energia solar funcionam através do inversor solar, que transforma a energia dos módulos fotovoltaicos em energia para utilizar em todas as tomadas da casa. Portanto, é possível utilizar a energia solar em toda a casa.

Mas você deve estar se perguntando como instalar energia solar em casa, não é mesmo?! No momento de projetar o sistema, você definirá o local de instalação das placas solares, do inversor e do quadro de proteção elétrica, entre outros.

Confira abaixo 6 dicas para projetar uma casa com energia solar:

1- Orientação do telhado

Quando as placas fotovoltaicas são instaladas no telhado a sua orientação é muito importante. A melhor posição para gerar mais energia é a orientação norte, que costuma ter maior incidência dos raios solares. Se for possível, construa o seu telhado com face norte, com um grau de inclinação igual ao da latitude e sem sombras.

2- Área suficiente

Certifique-se de que a área é capaz de receber o sistema. O telhado ou laje deve ter, no mínimo, 10m². Se a sua demanda de energia for maior, você precisará de mais área.

3- Ângulos do telhado

Cuidado com ângulos e muitos recortes do telhado. Para cada inversor solar, os módulos podem ser instalados em até duas inclinações diferentes de telhado.

4- Sombreamento

Preste atenção a itens que podem gerar sombra nas placas fotovoltaicas, tais como caixa d’água, antenas ou árvores muito altas, por exemplo. Quanto menos sombra, maior a capacidade de geração de energia.

5- Tipos de telhado

Os painéis são instalados no telhado através de um sistema de fixação e alguns deles são mais indicados para receber este sistema. As coberturas de telha metálica são as melhores opções, seguidas das telhas de barro/concreto e as coberturas planas.

6- Inversor e quadro de proteção elétrica

É importante prever um local para eles, de preferência longe de intempéries e próximos do quadro de distribuição de energia, facilitando a ligação na rede e a sua manutenção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *