fbpx

Brasil atinge marca de 11 GW em capacidade solar em operação

País soma 7,16 GW em geração distribuída e 3,84 GW em geração centralizada na tecnologia fotovoltaica

O Brasil atingiu a marca de 11 gigawatts (GW) de potência operacional da fonte solar fotovoltaica, somando os segmentos de geração centralizada (3,84 GW) e geração distribuída (7,16 GW), apontam dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) consultados nesta quarta-feira (13/10).

O número foi registrado menos de dois meses após o País superar o montante de 10 GW em capacidade solar fotovoltaica. Até o final de 2020, o Brasil possuía 7,78 GW instalados da tecnologia.

Somente em 2021, foram adicionados 2,38 GW em geração solar distribuída no País. O mercado também vê o avanço de grandes projetos fotovoltaicos no Ambiente de Contratação Livre (ACL) e retomada dos leilões de energia nova, após paralisação decorrente da pandemia de Covid-19.

A expectativa da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) é de que a geração solar ultrapasse a marca de 12 GW até o final deste ano.

Marco legal

Uma das demandas mais esperadas do setor, o projeto de lei que institui o marco legal da geração distribuída (PL 5829/19) está em tramitação no Senado desde setembro, após aprovação na Câmara dos Deputados.

O mercado trabalha com a expectativa de que a matéria seja aprovada ainda em 2021, trazendo segurança jurídica e impulsionando ainda mais o número de investimentos e instalações no País. O projeto tem como relator o senador Marcos Rogério (DEM-RO).

FONTE: InfoSolar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.